• Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
eubai_001_logo_00h_f.png

© 2015 por Eu, Bailarina. Criado com Wix.com

  • Thiana Calmon

Expressão, como melhorar?


Expressão ou o famoso "Carão" é como flexibilidade, alguns já nascem prontos enquanto outros correm atrás! Mas nada é impossível.

Eu não nasci com corpo para o ballet, não nasci flexível, não nasci en dehor, então eu tento compensar esse déficit com a intenção, sentimento, expressão. Uma técnica sem sentimento é como um corpo sem alma.

A pedidos, vou deixar aqui algumas dicas que me ajudam nesse momento.

1 - Acima de tudo ensaie muito, não falte aos ensaios. O primeiro passo para conseguir uma boa expressão é ter segurança na coreografia, entrar no palco insegura não ajuda em nada!

2 - Ouça a música várias vezes ao dia. Qual sensação a música te passa? O que a melodia te faz sentir? Escute a música pensando nas sensações e depois será natural passar esse sentimento para a coreografia.

3 - Crie um personagem. Qual o tema da sua coreografia? Qual papel dentro da coreografia você representa? Crie uma história para o seu personagem que só você saiba. Se for um tema mais abstrato, pense no tema, no que ele pode representar e siga a música. Por exemplo, em 2016 o tema foi de uma das minhas coreografias foi "Redemoinho", nesse caso usei muito a dica número 2.

4 - Pratique! Não deixe para colocar expressão apenas no palco. Pratique durante os exercícios na aula e nos ensaios.

5 - Busque referências: Procure vídeos e assista prestando atenção nas mudanças de expressão das bailarinas, veja a mesma variação com bailarinas diferentes.

6 - Não copie! Não tente copiar a expressão de alguém, vai soar falso. Para ser verdadeiro você precisa sentir ou acreditar que está sentindo. Se você não acreditar o público também não vai.

7 - Traga elementos do seu figurino para sua roupa de ensaio. Pode ser a cor ou um penteado, isso vai ajudar a "entrar no personagem".

8 - Por último mas não menos importante, RESPIRE!!! A respiração dá vida à dança. Respire nos momentos de pausa, respire junto com os braços, pense em que momento você inspira e em qual momento solta o ar junto com o movimento. Com o tempo isso será natural, comece nas aulas, pensando na respiração desde o plié.

Tem alguma dica diferente? Deixe aqui nos comentários!

#balletadulto #dica

0 visualização