• Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
eubai_001_logo_00h_f.png

© 2015 por Eu, Bailarina. Criado com Wix.com

  • Thiana Calmon

Entenda a relação entre dor no quadril e exercícios


Costuma fazer exercícios e está sentindo dor no quadril? Vamos falar um pouco sobre a relação entre eles.

É preciso ter muito cuidado na hora de realizar seus exercícios e aulas. Se você está começando agora o ideal é pegar leve e se você faz sem o acompanhamento de um profissional é preciso ter ainda mais atenção para evitar dores e problemas mais graves.

Para entendermos melhor a relação entre a dor no quadril e os exercícios físicos, convidamos o médico especialista em reabilitação e dor Dr. Marcus Yu Bin Pai.

Para dançarmos melhor e até mesmo para aliviar dores, muitas vezes incluímos na rotina exercícios de fortalecimento, mas da mesma forma que essa atividade ajuda em diversos momentos também pode atrapalhar. É necessário ter um equilíbrio para não ficar com sequelas e dores após uma atividade física.

Quando você faz um exercício é importante se preocupar com o movimento que está fazendo e prevenir problemas, um abdominal, por exemplo, se não for executado da forma correta pode prejudicar a cervical e a lombar. Muitas gente sente dor nesses lugares, mas se isso está acontecendo é porque o movimento está errado e o melhor a fazer é parar e entender como deve fazer para não prejudicar essas áreas.

Com o quadril é a mesma coisa, o problema é que as pessoas não prestam tanta atenção nele. Em um agachamento, por exemplo, se preocupam com a posição do pé com o tornozelo e joelho, mas se esquecem muitas vezes do quadril. Você pode e precisa praticar atividade física regularmente, mas preste sempre atenção nos movimentos que faz e principalmente no seu quadril e cintura pélvica.

Ele merece cuidados especiais

Você sabia que uma boa estabilização do quadril proporciona movimentos melhores dos membros inferiores e até dos superiores? Se você vai fazer um movimento e estabiliza o quadril e cintura pélvica o movimento das outras áreas ficam mais precisos e corretos, isso ajuda até mesmo a evitar problemas em outras áreas. O quadril tem o papel de corrigir o movimento, se você não prestar atenção nele todos os outros movimentos podem ficar errados.

Muitas doenças como a lesão de ligamento cruzado anterior, síndrome da banda iliotibial, dor lombar, dor patelofemoral e outras estão ligadas com a movimentação errada e anormal do quadril. Estudos já comprovaram essa relação, ou seja, o quadril pode provocar muitos problemas se você não tem atenção para ele. Mas não é só isso, além de causar problemas em outras áreas o quadril também pode ser prejudicado,

Preste atenção nos movimentos que você faz e veja com o seu professor no momento do exercício se está fazendo tudo corretamente. Mesmo assim, se você sentir dor no quadril ou na área da cintura, procure um médico, nesse momento é importante procurar um profissional imediatamente, dessa forma você evita outros problemas ou o agravamento da dor no quadril.

Como identificar a dor

Não é muito simples identificar a dor, os sintomas podem se confundir com sintomas da dor na coluna, hérnia de disco, dor lombar e outros.​​

Um dos maiores problemas do paciente com dor no quadril é que essa dor não incomoda tanto e não impede a pratica de exercício. É bem diferente de quando a dor é no joelho ou na lombar, nesses casos o paciente não consegue praticar exercícios por causa da dor intensa e da imobilidade. Por isso esse é um dos grandes problemas, você pode até sentir dor no quadril, mas isso não vai te preocupar tanto, pois vai conseguir fazer exercício e vai piorar ainda mais o problema. ​​

O quadril ajuda na sustentação de peso do corpo e está sujeito a lesões como já falamos, a dor pode ser sentida no meio da coxa e na virilha geralmente, ela pode afetar pessoas de qualquer idade, mas é mais comum e frequente em pessoas com mais de 40 anos. É também muito frequente em praticantes de esportes de impacto como corrida, por isso você precisa ficar atento.

Não é fácil identificar as dores no quadril, pois elas podem ter características diferentes, podem ser abrangentes ou pontuais e até perceptíveis apenas com movimento.

O que fazer quando descobrir a dor no quadril

Como já falamos, assim que sentir a dor no quadril você deve procurar um médico, provavelmente você não sabe exatamente o problema que está causando a dor, por isso indicamos que procure primeiro um clínico geral. Depois de fazer a primeira consulta o médico irá te encaminhar para o profissional especialista que vai tratar seu problema.

Os exercícios terapêuticos podem ser ideais para a recuperação, sendo muito indicados e podem trazer benefícios a qualquer problema que você possa ter no quadril. É importante nesse momento entender que você não está treinando e sim tratando o problema. ​​

Tratamentos como acupuntura, cinesioterapia, fortalecimento, RPG e pilates podem ser úteis no processo de reabilitação.​​​

Os exercícios devem buscar o equilíbrio muscular e o fortalecimento da estrutura comprometida. Veja algumas dicas de exercícios que você pode fazer para aliviar a dor e melhorar.

  • Deitado no chão, coloque os pés no chão dobrando as pernas, em seguida eleve o quadril contraindo o abdômen e o glúteo.

  • Coloque uma cadeira com encosto na sua frente, apoie as duas mãos no encosto e levante uma das pernas dobrando para frente enquanto a outra permanece esticada. Repita o movimento com a outra perna e vá alternando.

  • Também com a cadeira à frente, leve uma das pernas para o lado e mantenha o joelho esticado. Depois volte a posição inicial e faça o mesmo com a outra perna. Você pode usar uma faixa para forças mais a musculatura.

Tome sempre cuidado para não ocorrer excessos na musculação. Você pode e deve fazer exercícios, mas é importante tomar cuidado, prestar atenção nos movimentos e ter ajuda de um profissional, lembre-se de conhecer e respeitar os seus limites. Prevenir é sempre o melhor remédio.

#publipost

#dor #quadril #exercicios

215 visualizações