• Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
eubai_001_logo_00h_f.png

© 2015 por Eu, Bailarina. Criado com Wix.com

  • Thiana Calmon

Kataklò Athletic Dance Theatre

Atualizado: 20 de Nov de 2019

Ministério da Cidadania, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS - e SulAmérica apresentam

Kataklò Athletic Dance Theatre


Companhia apresenta espetáculo Eureka em cinco capitais

Estreia será em Belo Horizonte, em outubro



Reconhecida por promover a união de dança e esporte, a companhia italiana Kataklò Athletic Dance Theatre faz uma extensa turnê pelo Brasil, passando por cinco capitais, entre outubro e novembro: Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Salvador.

Fundada em 1995, a trupe apresenta o espetáculo Eureka, inédito no Brasil e interpretado por atletas-bailarinos. A companhia é dirigida por Giulia Staccioli, diretora artística, coreógrafa e fundadora de Kataklò, além de atleta olímpica de ginástica rítmica.

A turnê tem início em Belo Horizonte, na quarta-feira, dia 30 de outubro, às 21h, no Sesc Palladium. Em seguida, as apresentações acontecem no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, nos dias 01, 02 e 03 de novembro de sexta-feira a domingo. A próxima parada é em São Paulo, com encenações na terça e quarta, dias 05 e 06 de novembro, no Teatro Alfa.

A capital paranaense - Curitiba - recebe a companhia no sábado, dia 09 de novembro, para apresentação única no Teatro Guaíra. Fechando a temporada brasileira, Salvador recebe o espetáculo na terça, dia 12 de novembro, no Teatro Castro Alves.

O espetáculo integra o Circuito SulAmérica de Música e Movimento, programa de fomento da seguradora SulAmérica que investe em ações para o desenvolvimento social e cultural por meio da arte, música e dança, trazendo uma agenda diversificada durante o ano todo nas diversas regiões do país.

A turnê conta, ainda, com o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS - e da Rede Windsor Hotéis, além de apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e da Concremat.

Eureka, de Giulia Staccioli

Eureka (do grego “encontrei”) refere-se à famosa exclamação do matemático grego Arquimedes para comemorar e compartilhar com seu povo uma descoberta surpreendente que acabara de acontecer.

Giulia Staccioli também comunica com a mesma força do cientista antigo sua visão reelaborada e inédita de Ideia e o desejo de compartilhar com seu público a busca de um novo movimento, expressivo, intenso, teatral, sempre compreensível de imediato e apreciado por todos. Os dois tempos do espetáculo são muito diferentes um do outro: o primeiro é intenso, poético, evocativo, quase em preto e branco, sendo o corpo e a luz os protagonistas; já o segundo é colorido, enérgico, envolvente e irônico.

Eureka é um espetáculo em quadros, cujo coração pulsante é representado pelas extraordinárias características físicas e expressivas de seis artistas, já aplaudidos pelos espectadores brasileiros em Play, nas Olimpíadas do Rio de 2016.

Neste espetáculo, os jovens artistas têm uma nova responsabilidade e uma dificuldade imensa, difícil de gerir: a de compartilhar o palco com algumas pessoas do público desejosas de participarem de uma maneira ativa e performática para o sucesso do show.

Os espectadores-atores tornam-se assim, em cada apresentação, componentes únicos e originais para a encenação daquela ideia extraordinária que Staccioli deseja oferecer.

A participação de extras - dos quais não é exigida qualquer preparação atlética ou teatral específica - será gerida e orientada pela companhia em colaboração com a produtora, cabendo a Staccioli a tarefa de instruir todas as noites sobre os papéis e tarefas duas horas antes do espetáculo.

Eureka é compartilhamento de uma experiência vivida, é cumplicidade entre teatro e ação, é colaboração generosa entre as partes, é uma alegria para os olhos e uma arte a serviço da participação humana duradoura.

Os jovens artistas são todos formados na Accademia Kataklò Giulia Staccioli, a primeira academia de formação e treinamento profissional dedicada a artistas de Teatro Atlético de Dança, criada em Milão em 2010, dentro do DanceHaus Susanna Beltrami.

Giulia Staccioli, Diretora Artística

Coreógrafa, autora e diretora, Giulia Staccioli funda a companhia Kataklò Athletic Dance Theatre em 1995, por cuja direção artística responde até hoje. Atleta olímpica de ginástica rítmica (Los Angeles 1984 e Seul 1988), decide ir para Nova York a fim de estudar no Alvin Ailey Studio.

Lá, confirma suas qualidades de intérprete. Ingressa na companhia Momix, onde realiza experimentos e cresce por três anos sob a tutela de Moses Pendleton. Paralelamente à atividade artística, completa os estudos universitários no Instituto Superior de Educação Física da Lombardia, com a tese “Aspectos psicológicos da dança contemporânea”.

A partir destas experiências, começa a delinear o projeto Kataklò estabelecendo, desde o início, uma linha coreográfica absolutamente peculiar, baseada no estudo aprofundado do gesto e da linguagem corporal em todas as suas formas, em uma nova abordagem daquilo que é internacionalmente conhecido como teatro físico, obtendo amplo reconhecimento de público e crítica.

Pela atividade artística desenvolvida, recebe prêmios prestigiosos, sendo várias vezes chamada a colaborar em eventos de grande destaque. Prêmio UNESCO, por sua contribuição ao esporte na promoção da cooperação internacional (1989): Prêmio Positano Léonida Massine, pela Arte da Dança (Categoria Especial 2003); Prêmio Hesperia, para a edição dedicada à dança em suas várias expressões (2003); e Prêmio Mecenate “Fair Play” (categoria “Esporte e Show”, 2005).

Além de participar da Comissão Cultural que estabelece as linhas mestras dos eventos culturais paralelos às competições atléticas das Olimpíadas de Turim 2006, é também membro da equipe criativa para sua Cerimônia de Abertura. É dela o projeto cênico-coreográfico da imponente estrutura dos cinco aros, ícones dos Jogos de Inverno de Turim 2006 e homenagem ao Espírito Olímpico.

Ainda em 2006, por ocasião do “Ano da Itália na China”, além de uma turnê com o espetáculo Fair Play por diversas cidades do país, ministra numerosas conferências organizadas pelo Comitê Olímpico para Pequim 2008. Apresenta, diante dos docentes e dos estudantes da Universidade do Esporte de Pequim, um percurso didático dirigido à compreensão do processo criativo e artístico desenvolvido com a companhia Kataklò.

Em junho de 2007, cria, para o 60º aniversário da ARS (Assembleia Regional Siciliana), a coreografia Luci e Ombre, apresentada sobre a parede do Palazzo dei Normanni, diante do presidente napolitano.

Em 2012, a casa de produções estadunidense Mirage confia-lhe a criação, na China, das coreografias do espetáculo permanente “A Jovem de Hongcun”. A produção chinesa envolveu um elenco de mais de 120 artistas internacionais.

De março de 2012 a 2013, lecionou na Faculdade de Ciências Motoras da Universidade dos Estudos de Milão, no curso “Ciência Motoras Esporte e Saúde”, como titular da cátedra de Dança Moderna.

Em 2015, recebeu um importante reconhecimento público da sua Milão natal, ao ser nomeada diretora artística da primeira edição do STRA’ Festival das Artes de Strada, transformando o centro de Milão em um grande palco a céu aberto.

Em setembro do mesmo ano, Giulia Staccioli e um grupo de dezenove intérpretes do Kataklò são convidados por Hansel Cereza — prestigioso diretor artístico espanhol e sócio fundador da Furia dels Baus —, a participar da realização do espetáculo The Pearls Divers, para a comemoração da Jornada Nacional do Kuwait, no visitadíssimo Pavilhão do Kuwait na Expo de Milão.

Em setembro de 2016, Giulia Staccioli e Kataklò são convocados pela Bulgari e pela agência australiana Rizer para dançar na Piazza di Spagna, em Roma, durante a cerimônia de abertura de Trinità dei Monti, após a restauração.

Em dezembro de 2018, Staccioli coreografou, no Fórum de Assago, um super-elenco de 30 artistas, composto por profissionais da Compagnia Kataklò e por jovens bailarinos da Accademia Kataklò, que participaram do conjunto artístico da final ao vivo do “X Factor 2018”.

Por ocasião da 69ª edição do Festival de Sanremo (2019), cria a coreografia para Kataklò, que acompanha Arisa, juntamente com Tony Hadley na noite dos duetos.


Kataklò Athletic Dance Theatre



A criatividade de Giulia Staccioli é a mola propulsora de Kataklò, companhia estável e independente, com mais de 15 anos de sucesso. Resposta às grandes produções, é uma alternativa que demonstra a existência, na Itália, de uma realidade ligada à dança que, com espetáculos autoproduzidos, lota os teatros de todo o mundo.

O nome Kataklò origina-se no grego antigo e significa “danço dobrando e retorcendo meu corpo”.

A marca registrada do estilo de Katklò é, desde o seu início, as extremadas proezas atléticas e a notável técnica de dança de cada um de seus membros. Para tornar-se um membro pleno de Kataklò, é fundamental apresentar um desempenho artístico altamente versátil e enfrentar um extenuante período de treinamento.

O método criativo de Giulia Staccioli, apoiado desde 2006 por Jessica Gandini, baseia-se em orientar os bailarinos envolvendo-os diretamente no processo de criação coreográfica. Uma ideia artística seminal é desenvolvida ao longo de sucessivas sessões de improvisação, estimulando, assim, cada artista a experimentar e desenvolver seu talento criativo.

Kataklò é uma obra em progresso que continua a gerar ideias inovadoras e a estimular colaborações.

A companhia Kataklò desfruta de uma alta reputação internacional por sua expertise atlética e produções maravilhosamente espetaculares. É reconhecida mundo afora como a porta-voz da cultura italiana, através de sua cooperação assídua com os Institutos de Cultura Italiana e Ministérios das Relações Exteriores para eventos e festivais.

Graças à indiscutível e espetacular fusão de dança, atletismo, acrobacias, mímica, humor, sons, luzes e figurinos, as produções de Kataklò têm a força de compor cenários surreais, para criar ilusões e desafiar a imaginação, transcendendo todas as barreiras culturais, linguísticas e de gerações.

Hoje, a companhia possui em seu acervo sete espetáculos originais levados a todo o mundo: Indisciplina (1996), Kataklopolis (1999), Up (2002), Livingston (2005), Play (2008), Love Machine (2010) e Eureka (2019).

À sua consolidada experiência na criação de eventos especiais, deve ser acrescentada sua participação em festivais esportivos e culturais e, também, em shows televisivos.

Eventos importantes em que a companhia participou incluem a apresentação diante do Papa João Paulo II, na Praça de São Pedro, no XVIII Dia Mundial da Juventude (2003); as Olimpíadas de Sydney (2000); a Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Turim, (2006); o Festival Fringe de Edimburgo (2006 e 2009); a Comemoração de Ano Novo de Hong Kong (2007); e o 60º Aniversário da Assembleia Nacional Siciliana (2007).

Representou, ainda, oficialmente, a Itália na Olimpíada Cultural de Pequim 2008, por solicitação do Ministério da Cultura da China, e no Comitê dos Jogos Olímpicos de Pequim, sob o patrocínio do Ministério das Relações Exteriores da Itália, do Instituto Italiano de Cultura e da Embaixada Italiana.

Na primavera de 2010, a companhia realizou uma importante turnê pelas principais cidades do Brasil. Empreendimento repetido no ano seguinte, com o espetáculo Light. No mesmo ano, o Kataklò Athletic Dance Theatre foi homenageado na campanha “Vogliamo Zero” da UNICEF.

Atualmente, Kataklò possui seu próprio espaço de ensaios em Milão, como parte do “DanceHaus”, de Susanna Beltrami. Os escritórios e centro operacional da companhia estão localizados em Bolonha, de onde as equipes de produção, organização e administração acompanham o trabalho de Kataklò.

Academia Kataklò

A paixão pelo ensino levou Giulia Staccioli a criar um método de treinamento pessoal, sempre utilizado pela companhia Kataklò.

Esse curso de treinamento técnico, desenvolvido com o auxílio de Jessica Gandini e Paolo Benedetti, tornou-se a base da primeira academia profissional de dança italiana voltada para os aspectos físico e técnico do teatro.

Criado por Giulia Staccioli em colaboração com o “Dancehaus”, de Susanna Beltrami, em Milão, a Academia Kataklò é um projeto que tem por objetivo tornar-se um local de desenvolvimento artístico internacional e um verdadeiro celeiro de criação para novos talentos.

Além disto, sob a direção operacional e responsabilidade de Paolo Benedetti, a companhia organiza “workshops” e estágios, transmitindo técnicas e treinamento funcional, abertos a profissionais e amadores, ministrados por coreógrafos, professores, instrutores e bailarinos que se apresentam regularmente com Kataklò.



Serviço

Kataklò Athletic Dance Theatre

Eureka

Belo Horizonte

Data: quarta-feira, 30 de outubro

Horário: 21h

Local: Sesc Palladium - R. Rio de Janeiro, 1046 - Centro

Capacidade: 1.321 lugares

Preços:

R$ 120

R$ 100

R$ 75

Descontos:

Site Dell'Arte – 30%

Maiores de 60 anos - 50%

Estudantes - 50%


Rio de Janeiro

Datas:

Sexta-feira, 01 de novembro – 20h

Sábado, 02 de novembro – 20h

Domingo, 03 de novembro – 15h

Local: Theatro Municipal – Pç. Floriano, s/n – Cinelândia

Capacidade: 1.739 lugares

Preços:

Plateia e Balcão Nobre: R$ 180

Balcão Superior: R$ 120

Galeria: R$ 80

Galeria Promocional: R$50

Descontos:

Site Dell'Arte – 30%

Estudantes - 50%

Maiores de 60 anos - 50%

Clube O Globo Sou + Rio - 50%


São Paulo

Datas:

Terça-feira, 05 de novembro – 20h30min

Quarta, 06 de novembro – 20h30min

Local: Teatro Alfa - R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 - Santo Amaro

Capacidade: 1.110 lugares

Preços:

R$ 180

R$ 75

Desconto:

Site Dell'Arte – 30%

Curitiba

Data: sábado, 09 de novembro

Hora: 21h

Local: Teatro Guaíra – R. XV de Novembro, 971 – Centro

Capacidade: 2.167 lugares

Preços:

R$ 180

R$ 75

Desconto:

Site Dell'Arte – 30%

Salvador

Data: terça-feira, 12 de novembro

Hora: 20h30min

Local: Teatro Castro Alves – Pç. Dois de Julho, s/n - Campo Grande

Capacidade: 1.554 lugares

Preços:

R$ 120

R$ 90

R$ 60

R$ 50

Desconto:

Site Dell'Arte – 30%

Informações pelo site:

https://www.dellarte.com.br/programacao-e-ingressos




1 visualização